Encontro Formais e Encontros Informais


fazendo discipulos_edited

O fato de que discipulado não é reunião e de que o discípulo aprende em todo tempo, em todo lugar, vendo, ouvindo e perguntando, não elimina a necessidade e proveito de termos reuniões com os discípulos, especialmente para o estudo da palavra. Chamamos a isto de encontros formais.


Dizemos então que no relacionamento de discipulado deve haver os encontros formais (programados na semana) e os encontros informais (não programados, em outras oportunidades da semana).


Os encontros formais (programados), garantirão a continuidade do ensino de formação e catequese na vida do discípulo. Porque, na vida moderna, se não há um compromisso programado que garanta um mínimo de relacionamento, muitas vezes ocorre uma inconstância e debilidade na formação do discípulo.

#Discipulado

Destaques
Recentes