Siga-nos:
  • Wix Facebook page
  • SoundCloud App Icon
  • YouTube Classic
  • Wix Twitter page
  • issuu.png
  • google_play_icon___logo_by_chrisbanks2-d4s1i75.png
  • Apple-App-Store-icon

© 2014 - Fazendo Discípulos / Todos os Direitos Reservados 

Nosso App
Publicações
Ilustrações

Daniel Machado

PRINCÍPIOS NA ADMINISTRAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES NA IGREJA

“Quanto à coleta para os santos, fazei vós também como ordenei às igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana, cada um de vós ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade (...). E, quando tiver chegado, e...

I. BASES BÍBLICAS

 1. Sobre o casamento:

A. Gn 2.24 Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

B. Mc 10.2-9 E, aproximando-se alguns fariseus, o experimentaram, perguntando-lhe: É lícito ao marido repudiar sua mulher? Ele...

I. INTRODUÇÃO


Para um discípulo, o poder trabalhar é um dom de Deus. O trabalho não é um mal necessário como pensam alguns, e tão pouco é tudo na vida, como falam outros. As Escrituras trazem ensinamento claro, positivo e equilibrado sobre a dignidade do trabalho.

II. O...

1. INTRODUÇÃO


Qualquer movimento de “renovação” ou de “restauração” não tem sua origem numa reforma teológica mas sim, na soberana ação do Espírito Santo. A base de qualquer reforma são os ensinos de Jesus, dos apóstolos e a vida da igreja do começo.


A ação do Espírito...

“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Sen...

I. QUAL A NECESSIDADE DESTE ENSINO ?


Muitos irmãos crêem que há várias maneiras de se fazer a obra de Deus. Crêem que uns podem fazer de uma forma, outros de outra. Uns fazem “discipulado”, outros fazem grandes reuniões; uns fazem evangelismo pessoal, outros fazem evan...

I. A SITUAÇÃO ATUAL:


A experiência comum da igreja hoje, é de indefinição. Não há programa de ensino. Há improvisação, sermões sem conexão entre si, voltas intermináveis que entretêm o povo mas não formam maturidade. E mais informação do que formação, mais intelectuali...

I. INTRODUÇÃO


Os capítulos 12, 13 e 14 de 1ª Coríntios devem ser lidos como uma unidade, a respeito dos dons espirituais. O capítulo 12 fala do que não devemos ignorar, portanto fala do que devemos saber. O capítulo 13 fala da motivação que devemos ter, ou seja o que d...

“A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra” Jo 4.34

INTRODUÇÃO


Este é um assunto ao qual não se pode dedicar simplesmente um ensino acadêmico. Não se aprende a orar ouvindo pregações - aprende-se orar, orando. E o zelo e cons...

INTRODUÇÃO


Estudar sobre AUTORIDADE ESPIRITUAL pode parecer a alguns que se trata de um tema seco, mas a essência da própria espiritualidade está na relação certa de obediência a Deus. O Senhor age a partir do seu trono que está estabelecido sobre a sua autoridade. Ist...

“Vós sois a luz do mundo…” (Mt 5.14,16) “ Para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros do
mundo” (Fp 2.15).

INTRODUÇÃO

A igreja tem sido ludibriada em um pont...

Quando falamos da restauração da igreja, nenhum aspecto é mais importante, mais sublime e mais chegado ao coração do Senhor do que o aspecto da unidade. Também, nenhum assunto é tão difícil, tão controvertido, e tão atacado por Satanás como este. Certamente, isto é o q...

Auto-suficiência


Esta é a mais comum e a mais constante das formas de manifestação do nosso orgulho. A auto-suficiência se reveste de maior gravidade quando permanece naqueles que são investidos de autoridade na igreja. Estamos sempre pensando que podemos fazer as cois...

Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e...

Posts antigos >

Please reload