Siga-nos:
  • Wix Facebook page
  • SoundCloud App Icon
  • YouTube Classic
  • Wix Twitter page
  • issuu.png
  • google_play_icon___logo_by_chrisbanks2-d4s1i75.png
  • Apple-App-Store-icon

© 2014 - Fazendo Discípulos / Todos os Direitos Reservados 

Please reload

Recentes

CONTRIBUIÇÕES NA IGREJA

14/11/2019

1/10
Please reload

Destaques

Discipulado não é Reunião – é Relacionamento

 

Hoje em dia, há muita gente falando de discipulado. Porém, para a maioria das pessoas, discipulado é um método de reunir a igreja em pequenos grupos para estudo bíblico. Nesses casos o discipulado resume-se a uma reunião.

 

Um verdadeiro discipulado não se compõe apenas de reuniões. Discipulado é relacionamento. É um vínculo forte, pessoal e intenso entre o discípulo e o discipulador. Assim era o discipulado de Jesus.

 

“Disseram-lhe: Rabi (que quer dizer Mestre), onde assistes?  Respondeu-lhes: Vinde e vede. Foram, pois, e viram onde Jesus estava morando; e ficaram com ele aquele dia, sendo mais ou menos a hora décima.” (Jo 1.38-39)

 

“Então, designou doze para estarem com ele ...” (Mc 3.14)

 

Os discípulos de João, seguindo Jesus, perguntaram-lhe: “Mestre, onde assistes?” E Jesus lhes respondeu: “Vinde e vede”. E os levou para aonde ele estava morando. Talvez eles imaginassem que Jesus, como mestre, tivesse algum lugar aonde ensinava aos seus discípulos. Como Jesus ensinava? Ele ensinava não apenas com palavras, mas com seu exemplo, sua vida – “Vinde e vede”. Aonde Jesus ensinava? Ele não tinha uma sala de aula ou salão de reunião. Ele ensinava os discípulos aonde Ele vivia.

 

Como Jesus formou os doze discípulos? O segundo texto acima declara: Ele designou os doze para estarem com ele. Jesus não os ensinou em reuniões ou em um seminário. Formou-os fazendo-se acompanhar deles em todo tempo e em todo lugar. Eles viram Jesus fazendo tudo: evangelizando, ensinando, curando, expelindo demônios, visitando, orando, chorando, comendo, andando e dormindo.

 

Por isso dizemos que discipulado não é reunião, é relacionamento.

 

Como um discipulador ensina? Um discipulador ensina em todo tempo, em todo lugar, com sua vida e com a palavra. E, como um discípulo aprende? Um discípulo aprende vendo, ouvindo e perguntando.

 

Necessitamos vencer as dificuldades da vida moderna e buscar crescer no relacionamento com os nossos discípulos. Abrir nossas casas e criar o máximo de oportunidades para estarmos juntos. Quando mais tempo juntos, mais eficaz será o discipulado.

 

Estar juntos para orar, sair para evangelizar, estudar a palavra, visitas a “contatos”, almoços após reuniões, lazer, praia, jogos, viagens, churrascos, compras, consertos da casa, enfim o máximo de atividades que conseguirmos fazer juntos. Isto solidificará o vínculo e acelerará a formação do discípulo.

 

 

Please reload

Please reload