Siga-nos:
  • Wix Facebook page
  • SoundCloud App Icon
  • YouTube Classic
  • Wix Twitter page
  • issuu.png
  • google_play_icon___logo_by_chrisbanks2-d4s1i75.png
  • Apple-App-Store-icon

© 2014 - Fazendo Discípulos / Todos os Direitos Reservados 

Buscar
  • publicacoesssa

Jesus morreu pelos nossos pecados


Todas as pessoas falam e até os incrédulos sabem que Jesus morreu pelos nossos pecados. Mas não temos revelação espiritual enquanto não sabemos porque foi necessária esta morte. Por que Deus exigiu a vida de seu único Filho?


“Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” 2Co 5.21.


Para conhecermos o amor de Deus, é necessário conhecer também sua santidade e justiça. Deus é perfeitamente santo e perfeitamente justo. Não pode suportar nem mesmo aquilo que para os homens seria um “pequeno erro”. Sua santidade se ofende com qualquer forma de pecado e sua justiça exige castigo e punição (Rm 1.18). Assim é Deus.


Diante de Deus, todos os homens pecaram e estavam condenados a morte.

Se a exigência é assim tão grande, e se só um homem totalmente perfeito pode agradar a Deus, então quem poderá agradá-lo? Será que existe alguém que preenche as condições? A resposta clara da escritura é não.


“…Não há justo, nem sequer um…” Rm 3.10.


“pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” Rm 3.23.


E qual a conseqüência disto? “…o salário do pecado é a morte…” (Rm 6.23). Esta é a morte eterna, o castigo eterno. Quem está sujeito a este castigo? Toda a raça humana. Quando o Espírito de Deus nos convence do pecado, da justiça e do juízo, então entendemos como estamos mal diante de Deus e como é grande a nossa dívida para com ele. Conhecemos a nossa culpa e perdemos a paz.


A Morte de Jesus


Só então começamos a compreender porque Jesus morreu. Ele morreu para satisfazer a justiça de Deus e aplacar a sua ira. Nós merecemos ser castigados pelo nosso pecado, mas Jesus aceitou ser castigado em nosso lugar. Assim, Deus satisfez a sua Justiça e a sua ira. Por isso Isaías disse:“…ao Senhor agradou moê-lo…” (Is 53.10).


“Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.” Is 53.5-6.


Se nós somos culpados diante de Deus como podemos ter paz com ele? Temos paz quando entendemos que Jesus pagou o nosso castigo: “…o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele” (Is 53.6). Jesus pagou a nossa dívida, Aleluia! Por isso, agora podemos ter paz com Deus (Rm 5.1).

Jesus morreu em nosso lugar, pagando a nossa dívida e nos reconciliando com Deus.

Via Fazendo Discipulos

#VidaeobradeJesus #Jesus #mortedecristo

0 visualização